22/07/2017 às 18h35
Geral

Botão do pânico intimida assaltos em clínicas e hospitais do Estado

O presidente do Sindicato dos Hospitais, Clínicas, Casas de Saúde e Laboratórios do Piauí, Jefferson Lopes Campelo, informou ao Cidadeverde.com que a implantação do botão do pânico está intimidando a atuação de criminosos nos estabelecimentos da capital. O principal alvo dos bandidos é o polo de saúde em que os pacientes, funcionários e clínicas sofrem com os constantes assaltos e arrastões.

Ontem, um tiroteio próximo ao hospital do Promorar causou correria e assustou pacientes no local. Duas pessoas ficaram feridas. 

O novo sistema de monitoramento foi implantado há três meses em parceria com a Polícia Militar do Piauí.  O monitoramento é via satélite e 24 horas. Câmeras filmam suspeitos e em caso mais graves acionam o botão do pânico.

Segundo o presidente Jefferson Campelo a maioria dos estabelecimentos de saúde já aderiu ao novo programa.

"O número de assaltos estava crescente e impraticável. Com a implantação do botão do pânico os casos de roubos reduziram em até 70%", ressaltou o presidente.

Jefferson Campelo disse ainda a polícia fez um mapeamento das áreas mais críticas e reforçou o policiamento. 

Fonte: Cidade Verde
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Comente usando o Facebook
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

FACEBOOK

 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© Copyright 2012 - 2017. Todos os direitos reservados.
  topo