20/02/2017 às 01h42
Municípios

Lixão Controlado já é uma realidade

Com 104 anos de emancipação política, só agora o município de São Raimundo Nonato, coloca o descarte correto do lixo como uma prioridade.

A área pertencente ao lixão é de 10 hectares, vale ressaltar, que 70% foi utilizada de forma irregular, desta apenas 30% será utilizada de forma adequada e controlada. As valas do lixão controlado foram construídas com seis metros de largura, altura de três metros e cem metros de comprimento.

Os resíduos sólidos eram depositados em um “lixão” a céu aberto, sem controle de acesso de pessoas e sem monitoramento. Agora, a Prefeitura transformou “lixão” a céu aberto para um lixão controlado devido à necessidade de melhorar o armazenamento do lixo produzido pelo município.

O objetivo dessa mudança é para diminuição dos impactos ambientais ocasionados pelos resíduos sólidos, tendo em vista que um dos principais causadores de danos ambientais é a maneira indevida como se descarta o lixo.

Investir na qualidade de vida do cidadão são-raimundense tem sido uma das metas da administração, que acredita não haver cuidado sem tratar principalmente da questão do lixo, que pode prejudicar a saúde de qualquer indivíduo. Pensando assim, a gestão, além da implantação do lixão controlado, irá trabalhar de forma contínua, retratando a importância de cada cidadão contribuir para manter o Meio Ambiente Limpo.

O tema lixo se tornou há muito tempo uma questão prioritária em vários municípios brasileiros, principalmente após a criação da política nacional de resíduos sólidos. É com este contexto que continuaremos intensificando a coleta dos resíduos para melhorar cada vez mais o bem estar da população. Sabemos das dificuldades que iremos enfrentar, mas com muito trabalho, dedicação e principalmente a participação social vamos vencer as barreiras”, comentou Martinho Afonso (Lobinho), secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente.

O lixo chega ao lixão controlado e é depositado em valas. A máquina passa compactando o lixo.

Fonte: PMSRN
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Comente usando o Facebook
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

FACEBOOK

 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© Copyright 2012 - 2017. Todos os direitos reservados.
  topo