14/12/2013 às 00:00:00
Geral

Ministério Público investiga desperdício de água nos poços jorrantes de Cristino Castro

Conhecidos pela beleza, alguns poços jorrantes da região desperdiçam água há quase 40 anos.

Poços jorrantes em Cristino Castro 

O Ministério Público do Estado do Piauí (MP-PI) instaurou nesta quinta-feira (12) um Inquérito Civil para apurar danos ambientais decorrentes do desperdício de água no município de Cristino Castro, a 595 km de Teresina, na região sul do Estado. Segundo o MP-PI, o derramamento do líquido existe em diversos poços jorrantes, sem qualquer controle do Poder Público. O promotor titular de justiça ambiental em São Raimundo Nonato, Vando da Silva Marques, requisitou à Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar) a realização de inspeção no local. A Semar terá 30 dias para emitir laudo e fornecer informações sobre licenças para instalação de poços artesianos e/ou exploração de mananciais no município de Cristino Castro. O Setor de Perícias Técnicas do MP-PI será notificado para realizar perícia no local no prazo de 45 dias. Um laudo técnico deverá ser emitido com informações sobre a dimensão dos danos causados. Conhecidos pela beleza, alguns poços jorrantes de Cristino Castro desperdiçam água há quase 40 anos. Em meio à carência do líquido vivida pela pelos moradores do sertão, os poços chegam a jorrar águas que atingem mais 20 metros de altura. Alguns registram uma vazão de 70 mil litros por hora.

Fonte: Gustavo Almeida
DEIXE SEU COMENTÁRIO
Comente usando o Facebook
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

FACEBOOK

 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
© Copyright 2012 - 2017. Todos os direitos reservados.
  topo